como recompensar funcionários e aumentar a motivação

Como Recompensar Funcionários e Aumentar a Motivação

Mercado Corporativo

Dentro de uma loja ou escritório a motivação deve ser uma das principais constantes para os colaboradores, alavancando resultados e proporcionando um crescimento na satisfação com o ambiente, mas também em relação às tarefas desempenhadas como um todo.

Contudo, a forma como essa motivação é gerada e alimentada ao longo de todos os dias precisa ser trabalhada. Afinal, assim como um carro sempre precisa ser abastecido com combustível, o colaborador não pode carecer de sentido e benefícios para continuar agindo.

Sistemas de recompensa e benefícios exclusivos, tudo isso faz parte dos métodos mais eficazes para promover a motivação no trabalho, como é ensinado em um curso de gestão de pessoas ead.

No conteúdo a seguir será discutido o papel da motivação na produtividade, além de formas eficientes de recompensar e os benefícios de promover esse tipo de cultura dentro da empresa.

Quer saber mais? Continue lendo.

Qual o papel da motivação na produtividade?

A relação entre a alta produtividade e a motivação não é um assunto atual, essa conexão vem sendo observada desde antes das Revoluções Industriais. Contudo, os efeitos obtidos através desses reforços positivos só foram de fato estudados na metade do século 20.

Como resultado, análises acadêmicas ligando especificamente a presença de resultados inimagináveis e programas de recompensa, técnicas de motivação e proporcionamento de benefícios, só foi instaurada durante o século 21.

Sendo assim, antes de entender como recompensar um colaborador pelo ótimo serviço prestado, o contratante deve saber o que a motivação, através de análises de perfil e dados recolhidos conforme estratégias ensinadas no curso de gestão de recursos humanos.

Existem diferentes tipos de motivação. De acordo divulgadas no livro “Teorias Motivacionais”, esse sentimento – ou efeito – pode ser dividido entre intrínseca e extrínseca.

A motivação intrínseca surge através do interesse na observação direta de resultados, então porcentagens, demonstrações de desempenho, feedbacks, diferentes funções que tornem o trabalho mais dinâmico geram esse tipo de satisfação em alguns colaboradores.

Enquanto a motivação extrínseca se trata de algo mais tangível ou tátil. Por exemplo, um colaborador que atua vendendo produtos ou serviços pode precisar de recompensas como incentivo monetário para realizar um curso gestão de marketing e vendas e se aprimorar.

De toda forma, independentemente se o seu empreendimento prefere promover motivações intrínsecas ou extrínsecas, há fatores em comum que podem combinar cada uma: elementos de estimulação, ação, esforço, movimento, persistência e, claro, recompensas.

As motivações intrinsecamente geradas tendem a durar mais tempo, pois não são tangíveis ou materiais e sim gatilhos psicológicos que promovem a produtividade, enquanto as geradas extrinsecamente acabam desaparecendo com maior facilidade.

De toda forma, promover programas de recompensas utilizando ambas as motivações é o mais prudente, pois fatores motivadores intrínsecos também são volúveis e podem não funcionar com a mesma intensidade de antes.

Assim, toda forma de motivação é válida. Um bom administrador, gerente ou especialista em Recursos Humanos precisa se atentar ao que traz esse gás aos colaboradores, pensando também em como vai ser aplicada a motivação.

Um colaborador motivado e contente produz mais, com melhor desempenho e qualidade ímpar. Isso acontece porque, intrinsecamente e extrinsecamente, ele estará produzindo pensando como um coletivo empresarial e não somente com metas pessoais.

Como recompensar os funcionários em sua empresa?

Entendendo a motivação e como ela funciona, podemos discutir como gerar essa sensação contagiante de ímpeto entre os colaboradores da empresa. Claro, existem diversas teorias acadêmicas sobre isso, mas uma das mais funcionais é a Pirâmide de Maslow.

Abraham Maslow foi um psicólogo norte-americano que estudou ao longo da vida as relações humanas. Sua obra mais conhecida explora a hierarquia de necessidades, isto é, uma forma de visualizar o que o ser humano precisa e a ordem para cada uma delas.

A pirâmide com a hierarquia de necessidades explora os seguintes pontos:

  • Necessidades fisiológicas;

  • Necessidade de segurança;

  • Necessidades ligadas aos relacionamentos;

  • Necessidades de estima;

  • Necessidades de realização pessoal.

A Pirâmide de Maslow é um esquema visual que representa as principais necessidades humanas em uma estrutura piramidal. Ou seja, o que está no topo desse esquema pode não representar grande impacto no cotidiano.

Por isso, quando falamos de gerar motivação profissional, é necessário inverter a Pirâmide de Maslow, colocando as realizações no antro empresarial como prioridade dentro da empresa.

As necessidades fisiológicas, psicológicas, culturais e sociais precisam estar presentes, pois elas equilibram a vida do colaborador, mas um bom gerente entende como inspirar e gerar motivação o suficiente para tornar o ímpeto de crescimento cada vez mais presente.

Sendo assim, como o próprio Maslow dizia, a motivação é aquilo que leva o homem à movimentar-se procurando por algo. Logo, se o colaborador precisa do melhor curso de gestão financeira para continuar motivado, é prudente auxiliar para que consiga.

Se o colaborador precisa de mais tempo com a família para conseguir focar no trabalho, então há possibilidade para conseguir remanejar e organizar melhor o tempo, promovendo essa melhora nas condições.

O importante é justamente entender como a equipe pensa, funciona e trabalha, assim elaborando formas para motivá-los, seja com benefícios, bônus, etc, procurando atingir as necessidades intrínsecas e extrínsecas com eficiência.

Uma técnica funcional é justamente promover o trabalho em equipe e metas coletivas, assim as motivações se alinham com maior facilidade. Esse sentimento de acolhimento traz lucros, o que pode ajudar na gestao financeira startup.

Quais são os tipos de recompensa para motivar?

Como foi pontuado alguns parágrafos acima, a motivação não é uma via de mão única, podendo ser diferente de acordo com cada colaborador, porque o sentimento é coletivo, mas as necessidades são 100% individuais.

Humanos são diferentes entre si, logo suas motivações não seriam diferentes.

Como pontuado no curso gestão de pessoas, o que é intrínseco não necessariamente irá satisfazer quem precisa de motivações extrínsecas, ficando a cargo do gerente ou administrador observar cada colaborador e ouvir suas demandas para continuar produtivo.

Alguns dos principais tipos de recompensa incluem:

Monetária

Sendo uma das principais formas de gerar o sentimento de motivação, as recompensas monetárias tocam em mais de um dos níveis hierárquicos de Maslow, podendo ajudar em diversos níveis.

Uma das formas mais simples é o sistema de recompensa monetário através das metas batidas. Isto é, o colaborador recebe um valor extra quando consegue atingir porcentagens acima do 100%.

Brindes e dinâmicas diferentes

Outra forma eficiente de promover a motivação entre os colaboradores é através de brindes e dinâmicas, premiações, entre outras técnicas que não custam tanto dinheiro quanto estará gerando a longo prazo.

Os brindes podem ser objetos e produtos maiores para ocasiões especiais (computador, celular, etc), ou coisas menores e de uso cotidiano em situações mais corriqueiras (canecas, garrafas, ecobags, camisetas, entre outros).

O importante na questão dos brindes é justamente premiar o colaborador, demonstrando com lembrancinhas a importância dele.

Enquanto as dinâmicas servem para promover a interação entre todos que trabalham na companhia, os unindo em um evento incomum, pode ser um quiz, uma festa de confraternização, uma comemoração, palestras, entre outros exemplos.

Essa reunião pode ajudar os colaboradores a encontrarem outros com metas e sonhos parecidos, levando a motivação mútua.

Recompensas intangíveis

As recompensas intangíveis abrem espaço para milhares de possibilidades, pois aqui se encaixa tudo aquilo que não pode ser tocado ou visualizado diretamente.

Entre as recompensas intangíveis, muitas se encaixam nas questões de motivação intrínseca. O reconhecimento de progresso e feedbacks positivos podem ser formas de recompensar, avaliar e elogiar o colaborador.

Permitir que o colaborador possa trabalhar em projetos diferentes daquilo desempenhado, isso traz um sentimento dinâmico ao dia de serviço e amplia a visão dele para os horizontes internos da companhia.

Oferecer cursos – aulas de gestão financeira a distancia, por exemplo -, promover treinamentos, reuniões para entender o colaborador e fazer com que se sinta ouvido, tudo isso se encaixa em recompensas intangíveis.

Dias de folga e horários flexíveis

Por último, o trabalhador pode se sentir mais inspirado e motivado se estiver descansado, logo dias de folga, day off no aniversário, horários mais flexíveis, tudo isso auxilia a criar a sensação de independência.

Bancos de hora podem tornar os dias de folga mais vantajosos para a companhia, mas oferecer esse benefícios como recompensa por metas batidas e bom desempenho também acaba funcionando.

O importante é analisar a cultura interna da empresa e as necessidades das equipes e colaboradores, somente com dados e observação é possível definir a melhor abordagem.

Quais são os benefícios na motivação dos funcionários?

A motivação gera produtividade, como foi pontuado ao longo do conteúdo, mas existem outros benefícios ligados à uma alta satisfação e manter a equipe feliz com o papel desempenhado.

Alguns dos benefícios de priorizar a motivação dos funcionários inclui:

  • Aumento no índice de satisfação dos colaboradores;

  • Aumento nos lucros;

  • Menores índices de turnover;

  • Atrai novos talentos.

Um colaborador pode ter mais do que um sonho, logo se ele pesquisa quanto tempo dura a faculdade de gestão de recursos humanos, a empresa pode mover fundos para aprimorar a educação acadêmica.

Pesquise e entenda melhor o que motiva sua equipe, somente desta forma é possível assegurar o bom desempenho coletivo.

As 10 Vantagens do Coworking