Pessoa estudando

Quais são os principais erros de português nas redações?

Educação Qualidade de Vida

Olá! Vamos apresentar neste artigo as questões mais recorrentes envolvendo erros de português nas redações, assim como maneiras para que você possa melhorar seu desempenho.

A exigência para uma boa redação tem se mostrado um fator chave, visto que, desde os ensinos mais básicos até os vestibulares, é foco para professores e alunos. Sem dúvida, porque se trata não apenas da alfabetização e capacidade de interpretar e desenvolver textos, como também para inserção em cursos e empregos.

Principais erros na hora de fazer a redação

A redação e os elementos que a compõem (leitura/escrita/interpretação de texto) são extremamente relevantes para nós como indivíduos. Não apenas para uma comunicação mais eficiente social e profissionalmente, como também para bons resultados em vestibulares, provas escolares e concursos. 

Apontaremos abaixo, portanto, alguns erros de português nas redações e estratégias para que você possa ter mais atenção na hora da redação. Vamos lá?

Colocar vírgula entre sujeito e predicado

Inicialmente, através da análise sintática na língua portuguesa, nos é apresentado que a oração possui sujeito e predicado (onde é revelada a ação do sujeito).

Portanto, não se pode interromper essa sequência, com uso de vírgulas, por exemplo. Deve-se sempre manter a frase corrida, como por exemplo:

  • “Marcos possui dezenas de canetas”. 

Aqui temos “Marcos” como sujeito da oração, e o predicado (“possui dezenas de canetas”).

Crase antes de palavra masculina

Aqui, todavia, a regra é bem clara: para haver a crase, é necessária a contração, isto é, a junção da preposição “a” com o artigo definido feminino “a”. 

Desse modo, se após a preposição “a” a palavra for masculina, o uso da crase não é permitido. Por exemplo:

  • “A professora irá à escola” (lê-se para a escola – palavra feminina);
  • “Vamos realizar uma venda a prazo” (não há crase, pois “prazo” é uma palavra masculina).

Falta de paralelismo na regência

O paralelismo trata-se da igualdade de sentido entre duas coisas. Eles devem possuir, portanto, complementos diferentes caso possuam regências verbais (tipo de transitividade do verbo) diferentes. Por exemplo:

  • “Eu olhei a camisa e gostei dela.”

Já aqui:

  • “Viso e almejo ao cargo de síndico.”

Uso correto dos dois verbos, se referindo ao mesmo complemento, dado que ambos possuem a mesma regra sintática (pedem preposição após seu uso).

Ambiguidade no uso do pronome

Outra característica muito comum de erros de português nas redações é a ambiguidade ao usar pronomes. O caso mais frequente é o equívoco no pronome possessivo (seu/sua). Por exemplo:

  • “João foi ao restaurante com a mulher em seu carro.” (No carro de quem?)

Torna-se ideal o uso de “dele/dela”, para direcionar a pessoa que se refere.

Não usar vírgula para separar vocativo

O vocativo é um termo usado para chamar a atenção de outra pessoa, sendo isolado na oração (não é nem sujeito, nem predicado). Deve vir, pois, separado por vírgulas, em qualquer parte da oração. Por exemplo:

  • “Pessoal, vocês precisam conferir!”

Aqui, o vocativo “pessoal” possui a vírgula apenas após ele, por estar no início da frase.

Como evitar erros gramaticais na hora de escrever a redação?

Uma boa dica, afinal, para evitar erros de português nas redações é reler suas redações, identificar possíveis erros e solicitar também correções aos amigos que possuam conhecimento ou à professores. Dessa maneira, poderá obter uma outra visão, tanto para erros de português, como para concordância e estrutura da redação.

Da mesma forma, siga também outras dicas que serão passadas nos tópicos adiante. Confira!

Mantenha a calma

Ao se deparar com as vésperas de alguma redação, entretanto, procure manter a calma. Priorize uma boa noite de sono (ao menos 7 ou 8 horas). Além disso, não fique apenas focado em seus estudos, procure principalmente relaxar e realizar atividades mais prazerosas, de tal forma que possa recarregar as energias e a motivação. 

Não se esqueça também de se alimentar bem, de forma saudável e leve e, do mesmo modo, mantenha-se hidratado.

Estude por materiais de qualidade

Tenha em mente que, para se preparar para redações, é importante acessar materiais que te apoie no processo, a saber:

  • livros recomendados por universidades;
  • livros renomados e com boa avaliação;
  • apostilas (escolares e online);
  • guias, livros e materiais focados em dicas e boas práticas de redação.

Como resultado, o acesso a estes materiais, inegavelmente, trará uma boa base. Porém, para que esses instrumentos possam te auxiliar da melhor forma, é necessário outro fator. Quer saber qual? Confira abaixo..

Leia bons livros

Indispensável também a criação do hábito da leitura, não é? Faça a tentativa: separe algumas horas por dia em sua rotina para ler algo, como:

  • livros;
  • revistas;
  • almanaques;
  • quadrinhos;

O importante, sobretudo, é procurar o prazer na leitura sempre que possível, assim o hábito se torna mais prazeroso e trará melhores resultados.

Você pode também consultar livros relacionados à ortografia, além do uso de dicionários, com intuito de entender o significado de algumas palavras e aumentar o seu vocabulário.

Treine diariamente antes da prova

A prática regular da redação é uma solução simples porque irá te ajudar demais, sobretudo também erros de português nas redações, além de obter grande sucesso em seus resultados finais.

Não vá deixar para acumular, portanto, todo o conteúdo ou pra estudar apenas horas antes das avaliações, combinado?

Dessa maneira, depois que seguir os passos acima mencionados, você tornará, certamente, suas redações bem mais completas e assertivas, evitará erros de português nas redações.