7 cuidados rotineiros que você deve ter com o seu cão

7 cuidados rotineiros que você deve ter com o seu cão

Prestação de Serviços Qualidade de Vida

Além de alimentação balanceada, passeios, banho e tosa, consultas regulares com um veterinário e remédios contra pulgas e vermes são importantes

Os cachorros são companhias de qualidade, inteligentes, brincalhões e amigos fiéis, e esses são só alguns motivos pelos quais ser tutor de um é uma experiência gratificante. Porém, essa é também uma grande responsabilidade, já que você passa a ser responsável pela saúde e pelo bem-estar do animal.

Muita gente só pensa no assunto quando já adotou um pet, mas a verdade é que todos os cuidados que um cachorro precisa devem ser considerados antes da adoção. Primeiro, é importante pensar nos gastos, como ração, remédio antipulgas, brinquedos etc. São muitos itens e seu orçamento deve prevê-los.

Também é essencial se perguntar se você vai ter tempo para dedicar ao animal. Os cachorros são sociáveis e a maioria não gosta de ficar sozinho por longas horas. E ainda tem o tempo que você vai precisar tirar para providenciar tudo o que o seu amigo precisa.

Está pensando em adotar um cachorro ou acabou de fazer isso e ainda está um pouco perdido sobre suas novas obrigações? A seguir, uma lista dos principais cuidados que você deve ter com esse integrante da família.

Providenciar alimentação balanceada

Esse é um dos cuidados mais essenciais: um cachorro precisa comer bem para se manter saudável. O jeito mais fácil de fazer isso é oferecendo ração, pois esses alimentos costumam ser completos e balanceados.

Além de escolher uma marca de sua confiança e uma ração adequada para a raça e idade do seu cão, é importante obedecer à quantidade indicada nos rótulos e criar uma rotina com horários para as refeições. Isso ajuda a evitar o sobrepeso, fator de risco para várias doenças.

Passear diariamente

Os cães precisam dos passeios por vários motivos: é uma atividade física, uma oportunidade de gastar energia e evitar o estresse, um momento de socialização com você e também com outros animais e, em muitos casos, também a hora de ir ao banheiro.

Boa parte das raças precisa fazer isso ao menos uma vez ao dia, e é interessante que isso seja feito no mesmo horário, o que também ajuda o animal a se adaptar a  uma rotina.

Cuidar da higiene

Assim como você limpa o quarto e os brinquedos do seu filho, deve fazer o mesmo com a área onde o seu cão vive e também com os pertences dele. A caminha, por exemplo, precisa ser lavada regularmente. Se o cão usa tapete higiênico para fazer as necessidades, fique atento aos períodos de troca.

Programar banho e tosa

O banho e a tosa do animal também são hábitos de higiene, essenciais para prevenir doenças, especialmente as dermatológicas, e também para deixar o seu pet cheiroso. A frequência ideal depende da raça do seu cachorro e também das condições em que vocês vivem.

Fazer check ups de rotina

Ao adotar um cão, você deve levá-lo ao veterinário para verificar se está tudo bem, mas esse também é um cuidado de rotina, que você deve fazer pelo menos uma vez ao ano. É crucial para o tratamento de muitas doenças caninas que elas sejam identificadas no início, antes mesmo dos primeiros sintomas.

Administrar medicamentos preventivos

Os cachorros também precisam tomar, pelo menos duas vezes ao ano, medicamentos para prevenir vermes, pulgas e carrapatos e piolhos. Eles podem ser recomendados pelo seu veterinário e estão disponíveis para administração em via oral, em pipetas e até em sprays.

Manter o calendário vacinal em dia

As vacinas são indispensáveis para manter o seu cachorro sempre saudável, especialmente se ele tem contato direto com outros animais, mas não só. É obrigação de um bom tutor checar sempre o calendário vacinal e manter todas as doses em dia. A vacina de raiva, por exemplo, deve ser aplicada anualmente.